top of page
  • Foto do escritorMatheus Rabelo

Economia Verde: saiba o que significa e as características

As empresas, o governo e a sociedade perceberam a necessidade de repensar o consumo atrelado ao meio ambiente, propondo soluções, a médio e longo prazo, para tentar reduzir, e até mesmo, sanar os problemas ambientais.

economia verde, voluntariado, voluntario, voluntariado corporativo, voluntariado empresarial

Segundo a Union + Webster, em 2017, 87% da população brasileira preferiam empresas que fossem sustentáveis e 70% dos entrevistados informaram que não se importavam em pagar a mais por um produto ou serviço ambientalmente responsivo. Em 2021, o levantamento publicado pela KPMG mostrou que o fato das pessoas estarem mais preocupada com as questões ambientais relacionadas ao negócio, estimulou 96% das 250 maiores organizações do país a incluírem informações sobre meio ambiente em seus relatórios.


Porém, a preocupação com o meio ambiente não é de hoje. A Conferência de Estocolmo, realizada em 1972, simboliza a preocupação dos líderes mundiais em frear os impactos negativos na natureza decorrentes das ações humanas desde décadas atrás.


É importante informar que a preocupação ambiental começou a fazer parte das empresas,, pois ao mesmo tempo em que buscam lucrar, diversos negócios também almejam se destacar nos cuidados com o meio ambiente. Tudo isso levou ao desenvolvimento de nomenclaturas que, hoje, culmina no termo “Economia Verde”.

O que significa Economia Verde?


A Economia Verde é um modelo econômico que une lucratividade à preservação do meio ambiente. O termo veio do Programa das Nações Unidas Para o Meio Ambiente (Pnuma) em 2008. Os objetivos são: melhorar os índices sociais, repensar a forma que os recursos naturais são utilizados e reduzir os agentes causadores do efeito estufa. Além disso, deseja:

  • Evitar a escassez ecológica;

  • Reduzir a desigualdade social por meio do desenvolvimento econômico;

  • Diminuir os riscos à natureza.

O sistema da Economia Verde também está alinhado aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030.

ODS, ONU, agenda 2030

Uma das características principais do modelo econômico é a busca pela preservação da biodiversidade, por meio da reciclagem, preocupação dos recursos hídricos e democratização do saneamento básico.


Os benefícios da Economia Verde


Além da preservação ambiental e maior garantia de uma qualidade de vida melhor, podemos citar as seguintes vantagens:

  • Novas oportunidades de emprego;

  • Maior estabilidade macroeconômica;

  • Cenário natural mais confiável, permitindo projeções maiores.

Para as empresas, as vantagens também são expressivas:

  • Longevidade da marca;

  • Maior destaque no mercado;

  • Imagem positiva;

  • Mais recursos para uma gestão de crise;

  • Retenção de colaboradores;

  • E muito mais!

A cada dia, novos benefícios são descobertos e alguns são “personalizados” para cada realidade.


O próximo passo


A Economia Verde tende a ficar cada vez mais forte nos próximos anos. Os olhos globais estão atentos à essa transição que se dá no mercado, na energia, na sociedade e em muitos outros setores.

Acompanhar esse processo se tornará cada vez mais necessário, uma vez que é uma tendência mundial e tecnológica também.

bottom of page