top of page
  • Equipe de Redação

Por que o mundo precisa de voluntários?

Empatia, compaixão, solidariedade. Seja em defesa de uma causa, de uma instituição ou de pessoas em situação de risco, o trabalho voluntário tem um papel ativo na transformação de qualquer sociedade. Assumir o voluntariado é assumir, sobretudo, um compromisso com outro.


Pessoas em todo o mundo se engajam em ações de voluntariado, por uma grande variedade de razões: ajudar eliminar a pobreza, garantir educação básica e de saúde, superar questões de desenvolvimento, reduzir os riscos de desastre e combater a exclusão social.


Conhecer novas realidades, ter experiências de vida distintas, contribuir para a transformação social e o bem-estar do próximo e, ainda, somar capacidades que farão a diferença na vida profissional.

Vivemos em uma sociedade diversa e ainda marcada por profundas desigualdades. O voluntariado possibilita que os envolvidos transformem sua leitura do mundo.


O que é voluntariado?


O voluntariado, para a Organização das Nações Unidas (ONU) é uma expressão básica das relações humanas. É uma maneira de fazer as pessoas participarem de suas sociedades e sentirem que elas são importantes para os outros. Uma sociedade saudável é aquela na qual cidadãos se engajam na transformação e no conhecimento da vida de outro cidadão que necessita de ajuda.


O voluntariado é um ótimo caminho para testar os seus limites e, mais do que isso, sair deles. Ter contato com a diversidade e ter a oportunidade de enriquecê-la e ser por ela transformado. O Brasil é um país marcado por realidades diversas. E o voluntariado é uma forma de ter contato com elas para além daquelas em que você foi socializado.


O voluntariado é uma possibilidade de contribuir com aquilo que se sabe fazer, mas também um convite para aprender a fazer algo de novo que seja, num determinado momento, fundamental para a qualidade de vida ou para trazer conforto a alguém ou a um grupo de pessoas que necessita de atenção.


Não há satisfação maior do que saber que um gesto ou uma soma de ações por você realizada foi capaz de mudar a vida de alguém. Isso é um ganho para o voluntário e para o beneficiário da sua ação.


Por que ser voluntário?


Em um mundo em que a solidariedade é cada vez mais difícil de ser encontrada, o trabalho voluntário fará uma grande diferença na vida de muitas pessoas. Como consequência, elas poderão ser lembradas, com afeto, por muitos e muitos anos. O voluntariado pode ainda, ser um caminho para a preservação da natureza, para o cuidado de animais ou para a melhoria da qualidade das águas.

Ser voluntário rompe com a passividade diante dos desafios que acometem uma sociedade a todo tempo. Ser voluntário é criar oportunidade de construir laços, amizades, fomentar novas experiências pessoais e até mesmo se divertir. Advindo do prazer de servir quem precisa, o trabalho voluntário gera um sentimento de realização pessoal, de bem-estar interior, um sentimento de solidariedade e amor ao próximo. É algo que vem do interior da pessoa e que faz bem aos outros.


O voluntariado é conexão entre as pessoas


No voluntariado, todos ganham, desde o voluntário até as pessoas com quem o voluntário trabalha, incluindo a própria comunidade. É importante para o voluntário sentir-se socialmente útil. É um elemento importante de progresso social, de coesão econômica, mas principalmente uma expressão ativa da participação cívica.

Nos dias de hoje é premente reforçar os laços de solidariedade, promovendo uma cultura de paz e respeito pelo ser humano, ajudando no desenvolvimento de um futuro social sustentável e em que o bem comum se torne um objetivo de todos.


Agora que você conhece um pouco mais sobre voluntariado, que tal se juntar a essa causa?

Yorumlar


bottom of page