top of page
  • Foto do escritorRayane Ramos

Descubra a importância vital da tangibilização das ações sociais!

A tangibilização envolve, simultaneamente, a capacidade de tornar algo compreensível e real, algo que pode ser compreendido e apreendido. No contexto empresarial, esse é um dos principais desafios enfrentados por empresas que oferecem serviços. Demonstrar de maneira eficaz o impacto real que um determinado serviço teve. Tangibilizar algo de fato destaca o valor que aquilo representou, transformando-o em algo tangível e concreto.


pessoa encaixando uma peça de quebra-cabeça luminosa com sentido de proporcionar entendimento de um projeto bem feito, organizado.

"Tangível" e "intangível" são termos linguísticos que descrevem a capacidade de tocar ou não em um objeto ou conceito. Itens tangíveis, como brinquedos ou camisas, têm uma presença física e podem ser tocados, enquanto elementos intangíveis, como um plano de negócios, existem de forma abstrata, sem uma presença física que possa ser tocada, tornando-os incorpóreos. Portanto, a distinção entre tangível e intangível é fundamental para descrever a natureza física ou conceitual de diferentes objetos ou ideias.


A tangibilização desempenha um papel importante na comunicação eficaz de valor e na criação de conexões significativas com os clientes.


Inicialmente, pode parecer ser verdade que a maioria dos serviços é intangível, especialmente quando se trata de serviços inovadores ou pouco convencionais, nos quais as pessoas têm poucas referências prévias.

No entanto, é possível tangibilizar um serviço ou, pelo menos, reduzir a dificuldade que os clientes enfrentam para compreendê-lo ou percebê-lo.


Como aplicar a tangibilização?


Tangibilização implica, simultaneamente, na capacidade de tornar algo compreensível e percebido como real. No âmbito empresarial, isso representa um dos principais desafios enfrentados por empresas que oferecem serviços. É a capacidade de efetivamente demonstrar o impacto real que um serviço teve. Em outras palavras, tangibilizar é a habilidade de fornecer evidências concretas e palpáveis do valor e dos resultados gerados por um serviço.

A tangibilização de serviços envolve estratégias que tornam os aspectos intangíveis mais palpáveis ou compreensíveis para os clientes. Isso pode ser feito de várias maneiras, como:

  • Materialização: Criar materiais ou elementos tangíveis que representem o serviço, como brochuras explicativas, protótipos, demonstrações físicas, ou exemplos visuais.

  • Narrativa Visual: Usar imagens, gráficos, vídeos ou outros meios visuais para ilustrar o processo ou os resultados do serviço de forma mais concreta.

  • Experiência do Cliente: Projetar experiências físicas que permitam as pessoas vivenciarem o serviço de maneira mais tangível, como visitas a instalações, demonstrações práticas, ou eventos interativos.

  • Simbolismo: Usar símbolos, logotipos, ou elementos visuais que representem o serviço e que sejam facilmente associados ao seu valor ou benefício.

  • Depoimentos e Estudos de Caso: Apresentar evidências concretas de como o serviço beneficiou outros clientes por meio de depoimentos, estudos de caso ou exemplos reais.

Ao adotar estratégias de tangibilização, as empresas podem ajudar as pessoas a compreenderem melhor o valor do serviço e a reduzir a incerteza associada a serviços inovadores ou intangíveis, tornando a oferta mais atrativa e acessível.

Tangibilização de ações sociais: transformando o impacto em resultados concretos


Max Weber incorpora em suas obras a teoria da ação social, a qual pode ser conceituada como toda e qualquer ação executada por um indivíduo no contexto de sua sociedade, devendo, assim, ser dotada de significado para o agente que a realiza.

Adicionalmente, a ação social está relacionada ao outro, indicando que suas intenções e propósitos estão orientados em direção aos demais membros da sociedade.

Considere a situação em que você está envolvido em uma iniciativa de voluntariado, arrecadando doações para uma instituição. Ao final dessa empreitada, é fundamental registrar:

  • A natureza e a quantidade das doações coletadas;

  • O número de pessoas que contribuíram;

  • O tempo despendido ao longo do processo de arrecadação e entrega;

  • O total de beneficiários envolvidos;

  • Uma descrição detalhada e a categoria da ação;

  • E outros pormenores específicos relacionados à atividade.

Quando esses dados são documentados, torna-se possível quantificar o verdadeiro valor que essa ação teve. Dessa forma, você terá os recursos para justificar a importância da sua ação social e garantir um melhor funcionamento do projeto.

bottom of page