top of page
  • Foto do escritorMatheus Rabelo

Marketing Societal: descubra como a sua empresa pode impactar o mundo

Atualizado: 10 de nov. de 2022

O Marketing Societal é o meio que possibilita que a sua marca alinhe seus pilares institucionais com as mudanças que o planeta necessita.


societal, exemplos de marketing societal, o que é marketing societal, responsabilidade social, responsabilidade social empresarial

Já passou o tempo em que os consumidores compravam apenas porque viram um anúncio. Hoje, a escolha de obter um produto ou serviço também é baseada no que a marca representa. Ou seja, os clientes buscam alinhar os seus valores pessoais aos seus hábitos de consumo, buscando se identificarem nas marcas que compram.


Essa mudança no comportamento dos consumidores forçou muitas empresas a abandonarem total ou parcialmente o modelo tradicional de marketing: criar ofertas e anúncios e esperar o retorno. Agora, prezam por atribuir personalidade ao negócio, por meio dos conteúdos que eduquem o leitor e também, das causas sociais que apoiam.


O que é Marketing Societal?


O Marketing Societal veio como forma de potencializar a responsabilidade social corporativa e, ao mesmo tempo, auxiliar a empresa a mostrar o seu diferencial no mar de concorrentes.


E não se engane ao acreditar que basta realizar uma ação e pronto. A essência da causa precisa ser trabalhada constantemente pelas pessoas que fazem parte da empresa e todas as pontas de contato. Dessa forma, é possível tornar mais consistente o impacto social que o negócio tem.


O convite do marketing societal é pensar no conceito de ESG dentro da empresa: environmental, social and governance, que em português corresponde às ações ambientais, sociais e de governança.


As vantagens do Marketing Societal


Do ponto de vista social, as ações estruturadas impactam positivamente diversas pessoas em áreas diferentes. A ideia é de fato fazer diferença e não apenas promover o seu produto. Afinal, seja na educação, no ambiente hospitalar ou em comunidades socialmente vulneráveis, a realidade pode ser transformada positivamente.

E para as empresas, também há benefícios:

  • Chamar a atenção da sua persona: com a mudança do comportamento do consumidor, é necessário se destacar por meio de outras abordagens. As ações da sua empresa podem falar mais do que qualquer outra investida, causando boa reputação mercadológica.

  • Ambiente de trabalho melhor: ao trabalhar uma causa, é importante que ela também seja difundida internamente, afinal ela contribui para o clima organizacional, pois quando bem estruturada, os colaboradores poderão ter um propósito social, que os enche de felicidade e sentimento de fazer parte de algo.

  • Longevidade da marca: os efeitos da estratégia repercutem a longo prazo, uma vez que se mantenha as ações acontecendo. Com isso, os consumidores lembrarão do seu negócio por mais tempo.

Conheça os diferentes tipos de Marketing Societal


Há mais de uma forma de alavancar o setor social da sua empresa, o que facilita na personalização da sua estratégia. Então, é capaz avaliar qual a melhor alternativa tendo como base os recursos, quantidade de pessoas e, principalmente, a essência do branding, que corresponde à essência da sua marca.


É importante que a escolha seja relacionada ao que o seu negócio já faz. Assim, a comunicação do projeto pode ser feita mais naturalmente, tanto por já conhecerem o cenário quanto para associar a empresa à causa.


Marketing de Causas Sociais


A estratégia corresponde às iniciativas em prol das minorias, pessoas em vulnerabilidade social e causas sociais. Alguns exemplos são:

  • Projetos de proteção à natureza;

  • Defesa das crianças;

  • Combate à fome;

  • Incentivo à educação.

É uma boa estratégia para construção de narrativas da marca, o famoso storytelling. Além disso, o branding também é trabalhado de forma mais consistente!


Marketing de Filantropia


Já esse tipo de marketing, é quando as empresas apoiam financeiramente iniciativas públicas ou privadas, ONGs ou projetos criados por elas mesmas.


Geralmente, essa modalidade é escolhida quando o negócio já tem a sua própria organização social. Isso acontece porque, publicamente, é mais viável, já que é mais fácil mostrar a atuação e impacto da marca.


Marketing de Patrocínio


A estratégia se caracteriza pelo incentivo financeiro dado pela empresa às organizações que realizam projetos, tendo como base os valores da essência institucionais. Pode abranger eventos culturais, esportivos e outros que fomentam a aliança da empresa com a ação escolhida.


Marketing de Promoção Social


Sabe aqueles anúncios em que as empresas dizem que todo o valor adquirido na venda de um produto X será repassado a algum projeto? Então, é isso! E esse tipo de iniciativa pode ser também atrelada a parte do faturamento, não necessariamente uma compra em específico.


Exemplos de Marketing Societal


Tendo tudo isso em mente, vamos ver algumas iniciativas para inspirar?


1. Natura Ekos

natura, natura ekos, voluntariado, natura voluntariado

A empresa brasileira de cosméticos trabalha juntamente ao povo do Norte do país. Ela uniu a população aos processos criativos, remunerando e preservando a natureza.


Assim, a empresa oferece oportunidades para que as famílias se tornem autônomas no seu sustento. E, ainda, trabalha a sustentabilidade e valorização da cultural local.


2. McDonalds


mc donalds, voluntariado, mcdonalds voluntariado

A franquia de fast-food lançou o McDia Feliz em que toda o valor obtido com o Big Mac é doado às instituições e organizações que combatem o câncer. Além disso, a empresa criou o Instituto Ronald McDonald.


3. Pedigree


pedigree, voluntariado, pedigree voluntariado

“Adotar é tudo de bom” é o slogan da gigante do mercado de pets. A Pedigree destina parte do seu lucro a organizações de proteção aos animais.


Os projetos são alinhados com os valores da empresa, criando parcerias com iniciativas que promovam a conscientização e as feiras de adoção.


Como aplicar o Marketing Societal na sua empresa?


Não pense que sua empresa precisa ser grande para implementar o marketing societal. Não importa o nicho e tamanho, toda empresa possui capacidade de transformar o mundo.


É necessário entender, também, que acreditar no projeto escolhido é o primeiro passo. Entendemos que há benefícios de reputação e marketing, mas eles não devem ser os únicos objetivos da causa trabalhada. Dito isso, vamos lá:

  1. Escolha uma pessoa para representar o projeto: você pode planejar uma equipe também, mas é essencial que haja um representante que guiará as iniciativas.

  2. Realize pesquisas e diagnósticos: escolher projetos que façam sentido para o seu negócio e para a sua persona é essencial para que haja sentido em tudo. Seguindo as análises, seu público se relacionará mais facilmente com sua marca.

  3. Estabeleça metas e KPIs: é importante que os objetivos sejam claros, pois precisarão ser mensurados posteriormente.

  4. Avalie: ao final de cada ciclo, analise o que deu certo e o que não deu certo. Assim, sua equipe estará mais preparada para os próximos ciclos!

A chave é fazer tudo com paciência


Quando se pensa em realizar uma iniciativa de impacto como essa, é natural acreditar que é “muita coisa”. Por isso, adequar os processos à realidade da sua empresa é essencial.


O Marketing Societal é uma boa forma da empresa deixar a sua marca no mundo. Os benefícios sociais e ambientais permanecerão na vida de várias pessoas! O destaque no mercado também tornará a marca mais duradoura, aumentando a qualidade de existência.


Então, é importante ter paciência e contar com pessoas capazes de tornar tudo isso real.

bottom of page